28 de jun de 2015

Tão Simples Assim!




















Ela não se chama Maria
Não tem muito de Amélia
Nem gosta de ser vista como Alice
Aquela, do país das maravilhas.
Não se importa em parecer-se
Com Clarices ou Cecílias
Nem liga se é xará
Da filha de Maomé.

Tudo o que ela quer
É continuar vivendo as historias
Que fazem parte dos seus sonhos
E do seu mundo simples.
Dar passos em seu próprio ritmo.
Viver o aqui, o agora...
E sem pretensão alguma, cantarolar
Uma canção de passarinho.

A cada raiar de um novo dia
Sentir refrescando-lhe a pele
O orvalho da madrugada.
E sentir-se livre para abrir as asas
E seguir o voar das borboletas,
A liberdade das andorinhas
E as pessoas iluminadas
Que transformam o entardecer
Num remanso suave...
Um recanto simples de se viver.

Tão simples assim!

(Lu Nogfer)

  “Quanto mais simplicidade, melhor o nascer do dia…”





 

32 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Lu! Passando para te cumprimentar e me deliciar com mais uma das tuas belas criações.

Beijos e um ótimo domingo para ti e para os teus.

Furtado.

Cidália Ferreira disse...

Olá Lu Nogfer
Que poema lindo... Emoldurado com uma musica calma e linda! Amei

Excelente semana...beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema.
Beijinhos
Maria

MARILENE disse...

E é nessa rica simplicidade que os seres humanos encontram sua tão esperada paz. Bjs.

ReltiH disse...

ESCRIBES MUY HERMOSO.
ABRAZOS

Lucia x disse...

Que belo poema, Lu!
E a musica embalou os versos! Amei!
Bjs e uma semana de paz!

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo o seu poema, Lu.
Que bom se tudo pudesse ser simples assim...
Beijo e muita paz!!!

Lucimar da Silva Moreira disse...

Lu um belo poema acompanhado de uma bela música, beijos.
http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Lu..
tud tão simples.. pq nós humanos sempre atrapalhamos o processo..
muitas vezes pelo menos a gente ferra tudo né..
todos temos algo a vivenciar e quanto mais suaves nós formos melhor..
beijos meus e um feliz sempre doce amiga

lua singular disse...

Oi Lu
Parece uma menina inteligente deslizando lindas palavras que gostaria que não terminassem nunca.
Curiosamente fantástica postagem
Beijos no coração

Diná Fernandes O.Souza disse...

Boa noite Lu!

Vim deixar meu carinho, e apreciar tuas belas crias. Te desejo uma ótima semana;

Obrigada por seguir meu novo blog.
bjs!

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Lindo poema e bela inspiração. Versos declináveis e bem construidos. Parabéns

Cadinho RoCo disse...

Maravilhosamente objetiva.
Cadinho RoCo

lis disse...

Um poema que é um canto de passarinho.
Lindo Lu
Que seus dias sejam assim inspiradores, poetinha.
meu abraço

Moacir Willmondes disse...

Intensa poesia do teu espelho, LU.
Como intensa deve ser a vida...
Perfeita!

Ghost e Bindi disse...

Nesses versos que deslizaram assim tão doces e simples, a mensagem é clara...saber e aceitar quem somos, e o que temos, e fazer assim nossa vida momento a momento, porque só o presente nos é dado a viver.
Um grande abraço, Lu!

Bíndi e Ghost

Jaime Portela disse...

Voar é bem simples, afinal.
Belo poema, gostei imenso.
Lu, há muito tempo que gosto da sua poesia e do seu blogue.
Por isso, estou certo que vou continuar a passar por aqui muitas vezes.
Bom fim de semana.
Saudações poéticas.

Lu Nogfer disse...

Caro Jaime.

Muito obrigada pelas palavras e pela honrosa companhia todo esse tempo.
Seja sempre bem-vindo, amigo!

Saudações poéticas.

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Lu.
"Tudo o que ela quer é ... seu mundo simples" - na simplicidade está a felicidade ;)
bj amg

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Lu! Passando para agradecer a tua honrosa visita e gentil comentário, assim como desejar uma ótima semana para ti e para os teus.

Beijos,

Furtado.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As vezes temos
dificuldade em entender o simples,
mas ao entendê-lo,
aprendemos que ele se encontra
em nossas vidas,
no íntimo do coração...

Sua vida é preciosa para mim...

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o seu magnífico poema.
Lu, tenha um bom resto de semana.
Abraço.

Labirinto de Emoções disse...

Olá LU
A vida era tão mais simples se nós por vezes não a complica-se-mos...
O Poema é lindo, bem como a música..:-))
Beijinho grande
Teresa

Ghost e Bindi disse...

Bom dia Lu
Um abraço com carinho, e um simples: seja feliz!

Bíndi e Ghost

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Saudades de ti...
Mande notícias lindinha!!!

O Sibarita disse...

Xiiii... kkk Ué! Eu não comentei essa poesia não, é? kkkkk

Ô dona moça me passei.

Bom, só o nome Maria, por si só, já traz a simplicidade do ser. Sim, sendo Maria (como vc já diz no belo texto) mãe de Jesus nos mostra o quanto ser simples e humilde é o caminho!

E como está a moça?

O Sibarita

A.S. disse...

É sempre uma delicia ler vc...!!!

Beijos,
AL

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Lu.
Vo cê não tem feito publicações :S
Espero que esteja tudo ok com você,
bj amg

Ricardo disse...

Tenho muitas saudades de te ler, não imaginas o quanto...mas o trabalho tem sido imenso e não me tem dado espaço para andar aqui. Contudo, lá mais para o fim de Agosto conto voltar em força.
Beijinhos

Valquíria Falcão disse...

Acho lindo a forma como você sempre nos toca com seus textos e essa sincronia que você sempre faz dos textos e uma música no final....

Beijos

Lu Nogfer disse...

Que saudade, meus queridos amigos!
Muito obrigada a todos pelas palavras de carinho.

Como disse no post atual, está bem difícil manter o blog atualizado com frequência mas virei sempre que der e estarei visitando a todos.

Um abraço apertadíssimo em todos.

Augusto Sperchi disse...

Oi Lu. Como está?
Seu poema retrata tão bem uma simplicidade escolhida, voluntária e deliberada, que demonstra a sabedoria em não viver de planos e ilusões. Aquela vida que não é uma vidinha, mas plena de significados. Adorei!
Abraços!