2 de nov de 2014

Luto x Luta



















Luto é luta
Para  vencer a dor da perda
Que esmaga vagarosamente
Os minutos da vida.

Luto é luta
Para vencer cada dia uma etapa,
Ressuscitando vidas
Dentro do peito estraçalhado.

Luto é luta
Para  criar alternativas
Resgatando sorrisos perdidos
Pela dor da eterna ausência.

Luto é luta
Para esvaziar os olhos cheios de lágrimas,
Gota a gota...
Até sobrar no fundo, a saudade.

Luto é luta
Para encher-se aos poucos
Da alegria dos rostos
Que sorriam em vida.

Luta é vencer o luto em tempo vencido
Ao ver o colorido das almas...
Refletido nas doces lembranças
De quem vai, em quem fica.

(Lu Nogfer)

Um forte abraço em todos neste saudoso dia!

Paz e luz.




14 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia minha querida poetisa..
dias que nos fazem pensar sim e mais ainda relembrar de quem passou para um plano mais elevado..
a gente aqui nas lutas diárias.. densidade tanta que pesa sobre nós..
ontem mesmo li algo ..
cemitérios tem energia dos que choram..
é uma energia pesada realmente.. não vou a eles nem em dias assim.. falo dela com minhas visões mais doidas rsrs
mas fico no meu cantinho buscando coisas boas.. bjs e até sempre Lu

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Lu

Um poema tristemente belo. Amei.


Tem um Domingo Feliz

Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

JAN disse...

Que linda homenagem, Lu!
O poema diz grandes verdades e a música nos leva a uma saudade doce.

Abração
Jan

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Eis aqui a força do pensar nesse dia Lu...
Lindo o poema. sofrido, como todas as perdas e esperançoso como todas nossas vivências de fé...
Adoro vir aqui.... !

Elvira Carvalho disse...

Obrigada Lu. Retribuo o abraço e agradeço o poema.
Abraço

Coluna da Mi disse...

Oi amiga!
Luto é uma verdadeira luta e, mesmo que o tempo dê uma disfarçada querendo mostrar que amenizou, vez ou outra, muitas coisas vem à tona. Acredito na frase da Martha Medeiros de que o tempo só tira a dor do centro das atenções ou algo assim.
Daí chega um dia como esse e as pessoas ficam saudosas.
Tua poesia é forte e verdadeira.
Hoje, como percebi já de madrugada que muitos blogueiros e blogueiras estavam postando coisas muito tristes, resolvi fazer um pouco diferente, sem sair do tema:

Postar um conto de romance gótico que escrevi em um Dia de Finados.

O teu post não ficou pesado, pelo contrário, mas foram raros os posts no dia de hoje assim, acho que os blogueiros e blogueiras aproveitaram para extravasar suas dores através da escrita e isso é muito válido.
Beijos minha linda e uma semana abençoada para ti.

ReltiH disse...

SIEMPRE TUS LETRAS SON TAN SIGNIFICATIVAS.
BESOS

MARILENE disse...

Com grande beleza você falou sobre luto. Ele não pode cobrir, indefinidamente, o ser humano. Bjs.

A Palavra Mágica disse...

Forte abraço em você também, Lu Maravilha!

"Saudade sim, tristeza não". Pouco a dizer e muito a sentir. E que seja um sentimento de esperança.

Abraço e beijo!
Alcides

Marcia disse...

Luto é luta...
Luta é vencer o luto. Perfeito, Lu.
Um poema triste mas muito bem refletido e bem versado e que ficou lindo da mesma forma que os poemas alegres. Poeta é poeta.

Um forte abraço em vc também, linda poetinha!
Beijos, Lu.

Vera Lúcia disse...


Lu, querida,

Achei seu poema maravilhoso e tocante, como todo luto.
Luto é mesmo luta constante para vencer a dor da ausência e transformá-la em doce saudade.
Parabéns!
Seu talento e inspiração poética encantam.

Beijo. (Obrigada por ter estado, também, na homenagem póstuma aos meus pais).

O Sibarita disse...

Ei dona moça! kkk

Bela homenagem no dia dos mortos e quem não já teve seu dia luto que atire a primeira pedra!

E o luto não é tão somente o do desencarne não, é também da labuta do dia a dia pela caminhada da vida e da vida amorosa, repare...

Porreta! kkkkkkkkkkkkkkk

O Sibarita

Francis disse...

Lindos versos Lu...

Estou muito feliz por estar aqui novamente e poder desfrutar de tão belos e maravilhosos versos...

Se amar é ser feliz, também é sofrer... E se temos saudades, é porque aquele momento valeu a pena...

Grande abraço minha amiga poeta...

Lucimar da Silva Moreira disse...

Luto não gosto muito dessa palavra, mas todos um dia temos que enfrentar, Lu beijos.
Blog /Fan Page / Twitter /