16 de nov de 2014

Boas Lembranças...











Saudades...
É recordar o bom da vida que passa.
E retornam em forma de lembranças.

São todos os bons momentos...
Que com o tempo não se esquece.

São águas purificadas 
Que deixam respingos nos rastros

Ás vezes acompanhadas de risos 
Em outras banhadas de lágrimas.

São recordações  bem-vindas
E na porta do coração sempre batem. 

Ah! Saudade...
Nem sempre doce, nem sempre amarga. 
Ainda que doa, que nunca passe.

(Lu Nogfer)


29 comentários:

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Lu... que doçura de poema.
Doçura de sentimento... que rimas doces. Vou dormir com tuas palavras tão recheadas de ternura quanto teu coração!
Bom descanso...ótima semana.
Força + fé = meu desejo
Luz + Esperança = meu beijo!

MARILENE disse...

Para sentirmos saudade havemos que ter vivido algo. E ela só recai sobre o que foi importante, sobre vida verdadeira. Belos versos, Lu. Bjs.

Vall Nunnes disse...

"Saudades...São águas purificadas"
Muito lindo de ler e de sentir, ficou tão simples compreender este sentimento que doi e que alimenta o desejo de estar junto, ainda que em pensamento.

Cidália Ferreira disse...

A saudade provoca saudade
Adorei o poema

Uma feliz semana. beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Coluna da Mi disse...

Ah Lu...
Mesmo achando linda tua poesia, não consigo ver beleza alguma na saudade.
Só dor.
Beijos e uma ótima semana para todos aí! :)

Marcia disse...


Que lindo e verdadeiro, amiga. É pra sentir e refletir.
Saudade..."É recordar o bom da vida que passa.
E retornam em forma de lembranças." Verdade, pois quando cai no esquecimento, é sinal que nao foi tao bom ou tao importante.
E ha saudades que sao mesmo amargas, ne. Ou entao só enquanto ainda nao curaram como nos exemplos de separações recentes, sejam por morte ou por desenlaces(coisas inevitáveis da vida).
Já algumas saudades, são tão doces! A minha infância ao lado da minha irma gêmea e tambem a minha adolescência que foram momentos maravilhosos com amigos de escola que ainda tenho ate hoje, sao exemplos de doces saudades pra mim e pra els tambem. Quando a gente se encontra e relembra sao so risadas. Aprontamos muitoooookkkkkkkk

Embora saibamos que ao ler uma poesia, é preciso ter sensibilidade pra muito mais sentir do que entender, os seus escritos sao belas reflexoes da vida e sao muito coerentes parabens.
Beijo Lu.

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde minha amiga querida..
boas lembranças que me renderam até uma obra.. lembrando do todo que vivemos e ainda vamos viver..
tudo é aprendizado.. e lembrar nos permite corrigir muitas falhas..
adorei teu comentário rsrs
aqui meus pais são assim tb rsrs
meu pai tri de boa.. minha mãe sempre no 220 rsrs
beijão e até sempre

Arco-Íris de Frida disse...

So temos saudades do que foi bom... a saudade as vezes é boa... embala boas lembranças...

Beijos...

Élys disse...

Lembranças, sempre nos acompanham pois, são frutos de nossa vida e quendo são boas vale a pena recordar.Linda poesia.
Um abraço.

Francis disse...

Essa danada da saudade que nos enche o peito não é Lu...? Por vezes bem vinda, por vezes tendo a presença negada. E o que podemos fazer? Se não muitas vezes apenas escrever...

Forte abraço Lu... Sempre é um prazer passar por aqui...

O Sibarita disse...

Ah saudades de sempre estar por aqui, mesmo, que eu tenha poucos dias sem vir! kkkkkkkkk

Ei dona moça bacana! kkkkkkk

Que belo poema da saudade, sinceramente, um poema leve, gostoso de ler e enxergar o além da mensagem, ô coisa boa, essa menina! kkkkk

Fuiiiiiiiiii... kkkkk Cheio de saudades! kkkkk


O Sibarita

Bandys disse...

Oi Lu,
Lindo poema. Saudade é onde a alma quer estar. Costumo dizer que ela é agridoce. Enfim é muito bom ter saudades.
Um beijão

Elvira Carvalho disse...

O pior das saudades, é que às vezes carregam tanto, que nos impedem de sonhar o futuro, ou viver o presente.
Gostei do poema.
Um abraço

Labirinto de Emoções disse...

Olá Lu
Obrigada pela visita à minha Casa..:-)))
A saudade existe porque algo de bom passou por nós...sinal que vivemos a vida e não a deixamos passar simplesmente..-))
Beijinho grande
Teresa

Lu Nogfer disse...

Ola Teresa.

Eu também agradeço a tua visita e as tuas palavras.
Seja muito bem-vinda a essas asas!

Beijos.

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Lu que poema mais lindo, e é muito bom viver e olhar a vida com alegria,
como também é bom sentirmos saudades!
Adorei a tua visita e o seu comentário, obrigada!
Beijos,
Mariangela

Vanuza Pantaleão disse...

Querida Lu, obrigada pelo carinhoso comentário deixado no nosso cantinho.
Saudade, essa marca indelével, essa cicatriz que sempre sangra e o tempo não apaga.
Adorei a sensibilidade dos seus versos.
Um bom feriado, amiga!
Mil beijinhos!

Marilene Domingues disse...

Oi Lu,
Sua visita lá no flores encheu meu coração de alegria, muito obrigada pela carinhosa visita.
Ah! Saudade, como é bom senti-la, mesmo que por vezes doa, ela é sempre bem vinda. O que seria de nossas emoções sem as lembranças boas de momentos que vivemos e passou...Parabéns pela delicadeza dos versos! Adorei!
Beijos com carinho e tenha um doce e lindo feriado.
Marilene

Nelma Ladeira disse...

Boa noite Lú!
Uma saudade linda de ler!
Saudades são recordações que ficam guardadas em nossos corações. Boas ou ruins.Lindíssimo poema.
Beijinhos.

Lu Nogfer disse...

Ao meu ver, recordações ruins não viram saudades não, Nelma. A gente lembra de momentos ruins, mas nao com saudades. Eu pelo menos, nao sinto.rs Quero mais é que o tempo passe para apagar logo da memoria.
Muito obrigada pelas palavras, amiga!
Beijos

------------------------

Muito obrigada a todos pelas opiniões sempre tão bem vindas aqui.

Um beijo carinhoso em cada um uma linda noite de sonhos.

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Lu !
Não consegui ficar em silêncio, para
pedir licença e me associar as tuas amigas. Este teu poema é lindo, muito
lindo, querida !
Parabéns por tamanha inspiração.
Um carinhoso abraço,
Sinval.

cris braghetto disse...

Olá, Lu.
Venho agradecer e retribuir a companhia.
As boas lembranças são presentes para toda a vida.
Bela composição de versos e música. Parabéns pela bela criação poética.
Beijos.

ॐ Shirley ॐ disse...

Poema leve e luminoso como o voo de uma borboleta...
Lu, beijos!

A Palavra Mágica disse...

Lu Maravilha,

A saudade é um sentimento, eu diria, quase fisiológico. Não sei em que parte do corpo ela fica: se é na cabeça, no coração, misturada com as borboletas frias da barriga. Sei lá, o que sei é que precisamos dela.

Estou com saudades das nossas novenas.

Beijo!
Alcides

Lu Nogfer disse...

Oi Sinval!

Imagine!Não precisa pedir licença, querido. Entre quando quiser e sinta-se em casa. Não te ofereço uma cadeira porque nao temos. Mas pra quê sentar-se se temos asas, né não?rs
Bons voos por aqui e muito obrigada pelo carinho nas palavras!

Forte abraço.

_______________________________


Alcides meu querido, eu também estou com saudades de nossas novenas, de nossos tempos de vampiros, mas menino do ceu o sono da noite nao me larga mais. Nao adianta cafe, nem uvas, nem sorvete, nem vinho... Caramba!kkkkk
Mas a gente se fala qualquer dia!
Muito obrigada pelas palavras e pela amizade de sempre, amigo meu!
Beijos.

________________________________

Muito obrigada a todos os novos leitores. Sejam muito bem vindos por aqui.

Grata também a todos os amigos de sempre e o meu carinho sincero!

Beijos, beijos...

vendedor de ilusão disse...

Saudade...,saudade... O que lateja e doí dentro peito...

Zilani Célia disse...

OI LU!
QUE LINDO, ADOREI.
SÓ TEM LEMBRANÇAS QUEM VIVEU INTENSAMENTE, SE SÃO BOAS OU RUINS, CHEGA UM MOMENTO DA VIDA QUE JÁ NÃO IMPORTA, MAS SIM, SÓ TÊ-LAS NO CORAÇÃO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Se é verdade
que o a vida
é feita de lembranças,
também é verdade
que destas lembranças,
sua alma é a saudade...

____________________________________

Usa teus sonhos como escudos
em defesa das tuas esperanças.

ReltiH disse...

NOSTÁLGICO, PERO BELLO.
UN ABRAZO