26 de mar de 2014

Plenitude















Para sentir-se pleno, é preciso permitir-se,
Acreditar em si próprio e despir-se do decrescente.

Respirar fundo o fôlego da vida
E criar asas grandes para aprender o trajeto das águias.

Fazer o próprio tempo
Para perder-se na inércia em deslumbro ao horizonte.

Ter ouvidos aguçados
Para ouvir os sábios conselhos do vento entre as folhas secas.

Caminhar com amplitude,
Passeando tão somente entre as pegadas do bem.

Admirar-se com integridade
E esquecer com pressa qualquer maledicência.

Exercitar com calma a brevidade da vida
E lembrar a todo instante, que o dom de ser feliz é gratuito.

Amar com urgência e doar-se em total subsistência.
Vestindo-se de amor, minuciosamente.

(Lu Nogfer)


26 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida Lu.. tu tocou em todos os pontos que temos que dar maior atenção.. o tempo. o amar-se.. sabe, a vida nos dá tudo e nós sempre parecemos ter as pedras nas mãos culpando ela por nossos fracassos.. muito temos que aprender ainda e só vamos aprender quando deixarmos as coisas boas entrarem em nós.. beijos e até sempre

Ivone disse...

Que lindo isso amiga Lu, além da bela mensagem dos dísticos bem colocados ouvi com prazer a linda música do Fábio Junior, aí amiga, choro, sou mesmo uma sensitiva chorona que só vendo, amei muito e obrigada, adoro ser tocada em minha sensibilidade assim, bem assim, lindo demais!
Beijos em seu lindo coração!

Marcia disse...

Lu do ceu que coisa mais linda isso: "Acreditar em si próprio e despir-se do decrescente."..."aprender o trajeto das águias..." entre os outros pontos que citaria todos como exemplos pra se viver bem.
Voce sempre nos tocando com essa sensibilidade tao a flor da pele e tao sua. Saio com lagrimas de pura emoçao por ler uma reflexao tao rica e tao a temporal. Parabens e obrigada por nos proporcionar momentos tao lindos, linda Lu!
ps: Saudades de vc e da dona Lina.
To sem tp pra passar ai, passa no Play qdo der, amiga.
Beijos.

sabe vida disse...

Menina Lu, a plenitude de teu otimismo versificado de forma tão bela e amorosa, acalenta qualquer coração por mais preocupado, atormentado ou avexado que se encontre.
Um grande abraço, Linda Lu.

Cidália Ferreira disse...

Olá Lu

Parabens pelo poema e música do Fábio Junior
Amei

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Adriana Helena disse...

Lu, boa tarde menina poetisa!
Tudo bem?

Posso afirmar que senti-me plena lendo versos tão lindos!
Me senti percorrendo um trajeto, em meio à natureza e respirando, ansiando por vida!

Sabe, adoro a palavra "aguçados". Tudo fica tão bonito com ela, além da gente poder interpretar de algumas formas diferentes o sentido do texto... Depende do leitor e do sentimento que o atinge no momento em que lê a poesia...

Eu, repito, me senti livre, plena, ansiando por ser ainda mais feliz e ainda espalhando amor pelo caminho!!

Sempre maravilhosa amiga, você toca o nosso coração!
Beijinhos e uma semana fantástica, de muita luz!! :))))

Mona Lisa disse...

Descreveste a vida num poema fabuloso!

Beijinhos.

Dorli disse...

Oi Lu,
Descreveu a vida em versos
Garota, você é ótima
Beijos
Lua Singular

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Oi Lu! Muito obrigado pela belíssima e profunda lição.

Beijos,

Furtado.

Vera Lúcia disse...


Lu querida,

Maravilhosa mensagem poética, embalada por esta linda música de Fábio Júnior.

Quando buscamos a plenitude dentro de nós mesmos,torna-se mais mais fácil 'vestir-se de amor', enxergar a beleza da vida e desfrutar da alegria de viver.

Esta mensagem tem o perfil do meu recanto e merecia ser lida por muita gente. Se você me permitir, gostaria de salvá-la em meus rascunhos de publicação para uma postagem futura.

Sua sensibilidade e luz encantam sempre.

Beijo.

Lu Nogfer disse...

Querida Vera.

Fico feliz que tenha gostado. Sinta-se a vontade para partilhar em teu lindo espaço quando quiser.
Beijos!

-----------------------------

Agradeço a todos os amigos pelo carinho e emoções que também sinto ao ler as suas opiniões aqui a respeito de minhas expressões.

Um forte e carinhoso abraço em todos!

MARILENE disse...

Lu, minha irmã tem razão. Seus versos ficaram tão belos e sábios que se adequam, com perfeição, aos objetivos do blog dela. Só me resta aplaudi-los. Bjs.

Vall Nunnes disse...

Boa noite Lu...vim deixar um beijo e dizer que seu carinho sempre será bem vindo e não se preocupe se o fez em uma palavra, uma frase ou um texto longo.
Quanto ao seu poema:
ser pleno é se intenso, atento, apaixonado pelas coisas dessa vida....ver o outro sem deixar de ver a si mesmo.
Xerão!

ReltiH disse...

GUAU... MUY HERMOSO MENSAJE. GRACIAS.
BESOS

Elvira Carvalho disse...

Amar com urgência e doar-se na total subsistência.
Maravilha. Pena que o egoísmo tenha tomado conta da humanidade e torne tão difícil por em prática essa doação.
Um abraço e bom Domingo

HansHB disse...

Beautiful post!

MARILENE disse...

Lu, tento retribuir uma visita do Messias, do "sabe vida", e consta perfil não disponível. Sei que é seu amigo e que admira seus escritos. Sabe se ele removeu o blog? Bjs.

Lu Nogfer disse...

Oi Mari!

Estive ausente por estes dias e realmente nao sei se isto ocorre. Se for é uma pena pois é um ótimo poeta e seus escritos farão falta. Mas estou indo verificar e entro em contato com você.

Beijos.



Francis disse...

Oi...

Adorei Lu. É lindo... Principalmente os últimos dois versos...

"Amar com urgência e doar-se na total subsistência.
Vestindo-se de amor, minuciosamente."

Maravilhoso...

Fernando disse...

Olá Lu
Ahh a plenitude, ando precisando muito disso ultimamente. Belo poema :)
Grande abraço
Blog Fernu Fala II

Jorge disse...

O Google Friend Connect já está finalmente a funcionar. Adorei este teu blogue e vou-te levar comigo...
Beijinhos, lindona!

Lu Nogfer disse...

Olá Jorge!
Então já já volto lá para tentar de novo. E eu desisto?rs

Bom lhe ver aqui também, querido! Seja muito bem vindo, viu?

Beijocas e obrigada pelo carinho.

Patrícia disse...

Lu, tudo bem?
Vir aqui é a certeza que vou encontrar lindos versos feitos por vc que tem esse dom lindo. Muitos beijos e abraços no seu coração

Celia Lima disse...

Tão lindo seus versos!!
Digno de uma poetisa que sabe como unir as palavras. Parabéns menina.
Continues assim.
Bjsss

MARILENE disse...

Obrigada, Lu, pela informação. Cheguei a pensar que o problema poderia estar sendo provocado pelo google/blogger. Já que ele removeu o blog, só posso lamentar. Grande beijo!

Moacir Will disse...

Perfeito!

Cascatas de sensatez verteram de ti, pude sentir o barulho de cada verso-prosa tocando as pedras desse rio chamado vida.