14 de set de 2013

Entre Parênteses


E a vida passa

Renasce

A cada raiar do dia

Num dia,

Rápido feito relâmpago

No outro,

Lento feito brisa refrescante

A menina dos olhos observa

Com o olhar cauteloso,

Mudo

Há alguém debruçado na janela

É ela...

A esperança

Ela não desiste

Nunca...

E as expectativas, ali

(...)

Entre parêntese

Dia após dia

Sempre!

(Lu Nogfer)


32 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Lu.. enquanto houver esperança a vida sempre vai estar passando e nos levando com ela..
estou fazendo poesias infantis então é maravilhoso lembrar dos tempos de criança e lá sim a esperança era o que nos alimentava e alimentou bem pq cá estamos todos nós.. bjs e te desejo um lindo dia até sempre

Mona Lisa disse...

Belíssimo poema!

Sem dúvida que é a esperança que nos dá força para continuarmos a caminhada da vida...

Beijinhos.

Lu Nogfer disse...

Poesias infantis, Samu? Sério? Que bacana isso, meu amigo!
Sim, criança nos lembra esperança e eles me inspiram muito tambem. Tenho algumas poesias que provavelmente eu poste na semana da criança.

Mas que legal esse seu novo trabalho, hein! É uma delicia trabalhar com ou para o publico infantil.
Trabalhei com elas por tanto tempo! Criança deixa a gente com um infinito no olhar, faz a gente ver borboletas onde só elas veem... Deixa a gente rindo a toa de tanta alegria e a vida da gente perfumada e leve como pipoca saltitando. Nao é verdade, tudo isso?

Eu adoro falar delas!Tenho algumas poesias com o tema que provavelmente postarei na semana da criança.

E por falar boas lembranças...
Teve uma época da minha vida em que eu vivia rodeada delas. Dava aulas para uma galerinha do bairro e quando eu saia pelas ruas e elas me avistavam de longe, era uma delicia quando vinham em correria ao meu encontro, me derrubando com abraços apertados e desajeitados rs. E me deixavam com o rosto todo perfumado e lambuzado com beijo de bala. E as maozinhas competindo umas com as outras pra segurar nas minhas? Agora sim,voltei ao tempo!rsrs

Voce esta em meu face, nao esta? Você ja viu uma foto que uma delas dia desses, postou em minha linha do tempo?Sou aquela altinha de cabelos escuros, franja e rabo de cavalo.(altinha só perto delas e naquela época rsrsr) Pois é, me emociei pra caramba quando vi! Que tempo maravilhoso. Tão fácil levá-los de lapis de cor á perfumes! Eles sao responsáveis por eu ter esse riso solto pela vida a fora, independente de qualquer coisa!

Mas agora me conte: vai postar as poesias infantis ou publicar um livro?
Quando vou poder ler?
Quem disse que eu sou curiosa? Nem sou!Perguntei por perguntar mas depois me conte...kkkkkkk

Obrigada amigo, por me deixar hoje com uma alegria a mais ao recordar bons momentos!

Beijos e uma linda noite pra voce.

Até+

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Lu.... aaa fique sempre a vontade né,, até disse quando entrei no email 4 um atrás do outro dai vi que era vc rsrs isso é meio raro as pessoas que comentam assim como vc são pessoas que vão a fundo e tiram o comentario do que é lido.. muita gente nem sei se lê.. pq a gente vai visitar blogs tem a mesma mensagem em todos rsrs bem cada um faz como desejar.. eu não leio muitos blogs pq minha net apanha.. mas os que leio tento sempre deixar algo.. sobre as crianças... era só o que me faltava já escrevi sobre tanta coisa.. bem falta a politica mas nunca vou perder tempo com quem não perde com a gente... pra vc ter idéia tá tão gostos de escrever que em 7 dias fiz mais de 20 poesias.. comecei na metade de agosto e até agora já fiz 57... tem um pouco de tudo.. até para a turma do chaves eu fiz.. para a turma da monica.. alguns desenhos como a corrida maluca.. e tio patinhas chapeuzinho vermelho.. tá muito bom.. só que ainda vou demorar para postar pois antes vou acabar e mandar para registro e este eu quero que saia livro.. pq acho que mereço ter um retorno depois de mais de 10 anos dando duro para agradar as pessoas com os versos.. mas verei com minha editora ainda.. só posso dizer que tá tudo muito bonito.. e pra variar rimadinho e metrificado, como sou apaixonado por rimas não deixo sem...
tenha uma linda noite ou ver se faço mais alguma por aqui ao som duma musiquinha.. bjs

Dorli disse...

Oi Lu
Adoro o seu blog, sinto-me leve quando leio esses singelos versos.
Que tenha uma linda noite
Beijos
Lua Singular

Lu Nogfer disse...

Boa noite Samuel!

Obrigada por me responder, meu amigo. Espero que vc tenha entendido o comentario resposta anterior. Ficou com algumas repetiçoes pq a net aqui hj esta cheia de gracinha.E ai o jeito e copiar e colar mil vez pra nao perder tudo. Pricipalmente um jornalzinho como o meu.rs

Qto aos comentarios nos amigos, eu tambem sou assim como vc. E mesmo q eu demore pra visitar, gosto de ler com tempo, entender pra entao comentar. Fico feliz que tenha gostado mesmo tendo sido eu tao sucinta por lá, hoje. Dificil argumentar diante de tamanha beleza!

Boa sorte no livro, viu.
Que bom que esta sendo prazeroso, o que significa total qualidade no trabalho!E voce merece retorno sim!Vá em frente e nos avise quando publicar.

Beijo grande.

Francis disse...

Sempre a esperança de um dia melhor...
De um raio de sol...
Sempre...

Lindo versos!

Até mais...

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Belo Blog, lindos escritos, parabéns, amei...

Cidália Ferreira disse...

Lindo
Cada dia temos esperança de um dia melhor

beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Milton Kennedy disse...

Bom dia Lu Nogfer, que lindo poema. E apreciei muito ler seu comentário sobre a época em que dava aulas para garotada do bairro...

Despeço-me com uma frase de Antenor de Amorim que tem a ver com sua postagem:

"...saudade é a felicidade em forma de esperança, no rumo da alegria, outra vez."

Lu Nogfer disse...

Bom dia Milton!

Vc leu o meu comentário meio bagunçado?rs
Enviei varias vezes por causa da net que estava saindo e entrando naquele momento e aí ficou meio confuso mas que bom que gostou!

Obrigada pela linda frase que encheu-me os olhos de esperança. Precisava ler isso hoje...Linda mesmo!

Um abraço, meu amigo!

---------------------

OBRIGADA A TODOS PELA DOCE E CARINHOSA PRESENÇA POR AQUI!
QUE TENHAM TODOS UM DOCE DOMINGO!

ABRAÇOS DE PAZ!

Cidinha disse...

Oi, Lu. Que encanto de poema! A esperança vem sempre um dia, após outro. Adorei Lu!! Beijos e muito carinho para vc.

Vera Lúcia disse...


Olá LU,

A esperança é o alimento da alma. É força impulsionadora.
"A esperança é uma ave que pousa na alma, canta melodias sem palavras e nunca cessa". (Emily Dickinson).

Como viver sem a esperança?

Lindíssima o poema e inspiração.

A música é maravilhosa. Adoro.

Beijo e ótimo início de semana.

Severa Cabral(escritora) disse...

SAUDADESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
ESSA É A PALAVRA QUE TRAGO NO CORAÇÃO.
ESTOU CHEGANDO DE VEZ PARA ME DELICIAR DE SUAS LINDAS POSTAGENS ...
O POEMA É MAIS UM QUE VC DEIXA ESCAPAR SUA INTELIGÊNCIA ...
GRATA PELO CARINHO QUE VC SEMPRE DEIXOU LÁ NO MEU CANTINHO.SEU CARINHO É A ESPRESSÃO DO QUANTO TENS QUARDADO NA ESCRITA ...BJSSSSSSSSSSSSS

A Palavra Mágica disse...

Esta poesia tem cara de menina bonita. Dessas que quando a gente vê não pensa em nada, apenas admira.

Parabéns Lu!

Beijo!

Elvira Carvalho disse...

Um belo poema. Tão belo quanto a imagem da menina na janela, ou a própria vida.
Um abraço e uma bos semana

Adriana Helena disse...

Lu, bom dia querida!
Você é sempre mágica, consegue levar encantamento com suas poesias!
Admiro muito os poetas, são aflorados de sentimentos e você faz parte deste seleto grupo! :)))

Adoro poemas de amor, de renascimento!
A vida é assim mesmo: com esperança para recomeçar todos os dias e contando que o próximo será muito melhor do que o que já passou...
E que canção que eleva os nossos pensamentos não é? Traz uma pitadinha de felicidade que vai ficando cada vez maior!!

Muitos beijos e obrigada por sua ternura!! É admirável! :D
Tenha uma semana maravilhosa!

V.B. Mello disse...

E a vida passa... Renasce... A cada raiar do dia...

Adorei seu poema, Lu.

A vida passa, ora lenta, ora rápido, e, no entanto, esse passar não é um desgastar, mas um renascer, a cada raiar do dia. Será por causa da esperança..., que não desiste nunca? Certamente que sim. Dizem que enquanto há vida há esperança, mas, e se for o contrário, enquanto houver esperança é que há vida? Enquanto houver expectativas, a vida vai abrindo seus caminho entre as ansiedades dos dias e dos meses...
Abraços, Lu! Ótima semana para ti, menina!

Lu Nogfer disse...

Bela reflexão V. Me fez pensar...
Obrigada, querido!

---------------------------------

AGRADEÇO A TODOS PELO CARINHO NAS PALAVRAS...

UM BEIJO ENORME EM CADA UM E UMA SEMANINHA BONITA QUE SÓ!

Lucimar da Silva Moreira disse...

Boa tarde Lu, temos que ter sempre esperança, se a esperança morrer acaba tudo, e não podemos deixar que a esperança venha morrer,Lu tem post novo lá no blog vem conferir, passando pra desejar uma ótima semana fique com Deus beijos.
Blog/Grupo Amigos/FanPage/ Pinterest/NetworkedBlogs/Bloglovin

Bandys disse...

Lu minha linda,

Que delicia poder ter esperanças...

O sonho é o viveiro da esperança.

No imenso viveiro do sonho nascem tenros rebentos de esperanças, e os brotos crescem alimentados pelo sonho.

Lindo demais!

Beijos e uma semaninha repleta de sementinha de esperança.

Zilani Célia disse...

OI LU!
QUE ESTA MENINA DA JANELA TENHA EXPECTATIVAS E ESPERANÇAS RENOVADAS "SEMPRE".
LINDO E PROFUNDO TEU TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite
Querida Lu
Bela poesia, no renascer de cada dia, a esperança de dias melhores,e quanto mais pueril e simples,maior a esperança
...Neste mundo moderno, que nos educa a querer ter resultados simultâneos às nossas vontades, muitos acreditam somente no que é palpável, visível e provável. A fé perde terreno e o que passa a valer é o que o homem consegue entender. As alegrias verdadeiras perdem o valor e dão lugar às sensações do momento. Enquanto a esperança nos ensina que tudo o que vem de um processo é mais durável e perfeito...
Agradeço pelo carinho de sempre
Bela semana
beijos

MARILENE disse...

A cada dia, novas visões, porque os momentos são únicos e especiais. Quem espera com fé encontrou o equilíbrio que a alma necessita. Bjs.

Lu Cidreira disse...

Esse sempre será o foco do sr humano; ter e querer a esperança. Como diz uma canção que Zeca Pagodinho canta; Deixe a vida me levar, Vida leva eu; e tudo com a esperança envolvida.
Abraço

LUZ disse...

Oi, Lu!

E é nesses parênteses que tanta coisa pode acontecer.
Gostei muito da sua metáfora poética.

Beijos da Luz.

Luzes e Luares. Obrigada!

Patrícia disse...

Amiga, tem um dom lindo de escrever palavras que nos emocionam. Mil beijos no cora

ReltiH disse...

unos puntos suspensivos que nos impulsan a seguir.
besos

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Daniel Andre disse...

Boa tarde Lu Nogfer.

Amiga, o seu blogue está de parabéns. Tudo aqui é agradável aos nossos olhos, começando pela dona, rs. Devemos ter fé, e ter esperança. As duas aliadas uma da outra, tornam-se poderosas "ferramentas" de crescimento espiritual.Já estou te seguindo e feliz por estar nesse cantinho de paz e cheio de esperanças. Grande abraço, do amigo, Dan.

http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Lu Nogfer disse...

Boa tarde, amigo Daniel!

Gostei do "...começando pela dona"rs

Muito obrigada pelas doces palavras e pela presença tão carinhosa.

Seja bem-vindo, Dan!

Outro abraço enorme pra voce!

-------------------------


GRATA A TODOS PELA PRESENÇA!

Um lindo fim de semana a todos!

Beijos.

Sotnas disse...

Olá LU e que tudo esteja bem!

Um escrito belíssimo, e uma imagem também deveras belíssima em intensa cumplicidade com o teu escrito, parabéns e obrigado por compartilhar!
Quando a criança deixa de ter esperança é sinal que o adulto dela já invadiu o espaço que não lhe pertencia.
Observado por uma criança, o mundo é como eu sempre quis, intenso de beleza e deveras feliz!
Eu agradeço por tuas gentis visitas e comentários, e desejo que tenha sempre em teu viver a felicidade deveras intensa, um grande abraço e, até mais!