11 de ago de 2013

Sensibilidade



Sensibilidade não se aprende.
Vem com a gente desde o ventre.

Tem vestígio de berçário.
De colo, de leite materno.

Tem cheirinho de criança,
De carinho, de amor, de alento.

Vem sem espera, sem promessas,
Sem injúrias, sem julgamentos.

Vem por dentro da gente,
Rastreando inteiramente.

Chega mapeando a pele,
A mente, os passos, a vivência...

Seja numa música, em versos mudos
Ou no sussurrante silêncio.

Seja num beijo, num abraço,
Num simples sorriso ou numa lágrima.

Percorre os caminhos da alma
Jorrando emoções nos sentimentos...

Não diferencia raça , nem sexo, nem status.
Só reconhece a entrega: asas de liberdade.

Vem sem dono, sem sobrenome,
Não importa a identidade...

Quando a sensibilidade aflora,
Explode por todos os lados.

(Lu Nogfer)



Aos papais, deixei minha homenagem no Atitude, pelo dia especial...
Desejo a todos um doce e festivo domingo de paz e alegria!

14 comentários:

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Simplesmente maravilhoso

Tenha um domingo feliz

****************************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Gracita disse...

Oi Lu
Que neste glorioso “Dia dos Pais”
Você seja acordada pelo sol
Visitada pelos anjos
Acompanhada pelo amor
E abençoada por DEUS.
Um dia maravilhoso pra você e sua família.
Beijos e carinhos no coração
Gracita

Marcia disse...

Amigaaaaa que emoçao isso!
Que maravilha de poema, Lu! Este é um dos poemas mais emocionantes que vc ja fez.E olha que nao é pouco os que ja li entre os outros blogs e a agendinha, mas neste vc se superou na emoçao de escrever. Lindo de arrepiar. Descreveu com perfeiçao a sensibilidade quando a damos asas para que ela venha. por isso q gosto tanto de seus escritos. Por causa dessa entrega transparente e contagiante.Pefeito Lu.
E o video, nossa que lindo. Musica maravilhosa. Parabens pelo lindissimo post amiga.

ps.Linda homenagem aos pais la no atitude. Ja passei por la!

Beijos menina linda e uma lindo domingo pra vc tb!

Lu Nogfer disse...

Bom dia gente bonita!

Quem ja passou por aqui, deve ter visto o meu peessezinho(Que diminutivo difícil!kkkk)
Então...Dessa vez programei o post e deu certo! Ufa!Aiai!rs

PS:Desejo a todos os pais um lindíssimo dia, seja longe ou perto dos filhos. Sabemos que muitos nao podem estar presentes de corpo mas estao de coração.E ha muitos como eu, que já nao tem mais o paizinho por aqui, mas sabemos o quanto eles são eternos dentro de nós e o quanto contribuiram para ser quem somos!
Parabens a todos os pais! Sintam-se abraçados carinhosamente, neste dia especial e radiante que é teu!

FELIZ DIA DOS PAIS A TODOS!

ReltiH disse...

TIENES MUCHA RAZÓN. GRACIAS.
UN ABRAZO

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Lu... vcs mulheres já são premiadas com esta sensibilidade.. nós homens que temos de desenvolver ela.. para sermos mais doces com vcs pq vcs merecem serem tratadas da melhor maneira.. remontou muito bem a trajetória dela.. que sempre continue assim bjs e um lindo dia

Vera Lúcia disse...


Oi LU,

Sensibilidade é o que emana deste poema maravilhoso.
Concordo que sensibilidade não se aprende, é característica da alma.
Creio que o que se aprende é ser insensível, infelizmente.

Lindo demais! Bela escolha de vídeo e música.

Espero que o domingo tenha sido de paz e de alegria.

Beijo.

MARILENE disse...

Não se consegue, de fato, passar sensibilidade a quem não a tem. E independe do sexo. Essa capacidade (eu a vejo assim), é muito bela. Nada melhor que se se sentir liberto para as emoções. Bjs.

A Palavra Mágica disse...

Lu Maravilha,

A sensibilidade deixa a gente transparente a ponto de poder se mostrar.

Beijo!

Cidália Ferreira disse...

Bom dia
Divinal.
beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ghost e Bindi disse...

Oi Lu, a sensibilidade está nos gestos e palavras, no tom da voz, no andar, mas principalmente no coração...fonte do amor e luz dos que já se permitem amar seu semelhante, como irmãos.
Lindo texto, amiga.

Abs

Ghost e Bindi

R. Vieira disse...

Estou ficando fã de tuas poesias!
Como escreves bem!!

<3

Lu Nogfer disse...

Queridos!

Tem um mimo oferecido a voces no espaço de selos. Quem quiser partilhar um pouquinho de si e gostar do selo, pode levar.

Muito obrigada a todos pela presença carinhosa.

Abraços.

Moacir Willmondes disse...

Algumas palavras já nascem sensíveis. É o caso de sensibilidade. Como é sensível soletrar pausadamente:
sen - si - bi - li - da - de.
A língua faz amor delicadamente com os dentes...